Judoca Liderar Com Proposito

04 LIÇÕES QUE UM LÍDER PODE APRENDER COM A CAMPEÃ OLÍMPICA DE JUDÔ

No dia 08 de Agosto de 2016 a judoca Rafaela Silva, carioca da Cidade de Deus, conquistou sua medalha de ouro olímpica. A história está sendo um dos principais assuntos (com razão) da internet nos últimos dias.

E ao ler e conhecer mais sobre a trajetória dessa mulher de 24 anos, eu realmente não conseguia parar de remeter a lições importantíssimas de liderança. Foram 04 frases da Rafaela que me chamaram muita atenção, e que me remetem aos pilares fundamentais que a impulsionaram nesta conquista.

Acredito que podemos aprender muito sobre a construção da força interna de um líder através desta história:

  1. “Eu ia largar o judô. Comecei a fazer um trabalho com a minha psicóloga, e ela não me deixou abandonar o judô. Meu técnico também me ajudou muito”

POSSUIR MENTORES CONFIÁVEIS QUE TE ENXERGAM COMO SER HUMANO

Assumir responsabilidades como líder é colocar em risco a estabilidade emocional. As pessoas vão achar que tu és uma espécie de super-homem ou super-mulher e vão literalmente ‘apagar’ o fato de tu também seres um ser humano com medos e fraquezas. Ou seja, as pessoas vão projetar em ti toda a expectativa de ‘sucesso’ e ‘salvação do mundo’. E a última coisa que elas querem sentir é frustração.

É como um jogo de ‘tudo ou nada’. Ao mesmo tempo que tu podes ganhar uma reputação altamente positiva se cumprires com as expectativas do teu grupo, ao mesmo tempo, se não o fizer, pode ser o início de uma grande frustação exacerbada. Não vais carregar somente a tua, mas a frustação implacável de um grupo todo.

Por isso, se souberes entender e separar o que é teu e o que é dos outros, vais conseguir mais facilmente recobrar o equilíbrio interno, vislumbrar um futuro (superação) e seguir em frente.

E, para tanto, ter a ajuda e apoio de pessoas/mentores que te enxergam como ser humano passível de erro, pode ser um determinante na tua carreira. Eles podem te resgatar de uma possível decisão não tão acertada que foi embasada pelo impulso do medo e frustação de carregar tanta responsabilidade. Eles podem ser os guardiões do teu equilíbrio para seguires em frente.

  1. “Treinei muito depois de Londres porque não queria repetir o sofrimento.”

FAZER DOS MOMENTOS DIFÍCEIS IMPULSIONADORES PODEROSOS

Todo líder sente além de si mesmo, sente o que é seu, o que é dos seus liderados e aquilo que emana do grupo. Ou seja, é uma carga emocional bastante complexa e difícil de administrar quando esta ligada a sentimentos negativos, de reprovação ou fracasso.

Mas, se souberes transformar esse sentimento negativo em um impulsionador, tenha certeza que possuis uma ‘arma branca’ interna bastante poderosa.

Por exemplo, quando nos deparamos com um liderado bastante desmotivado que passa mais a ‘atrapalhar’ a equipe do que ajuda-la, nos perguntamos se devemos ‘retirá-lo’ da equipe. Nestes casos, sempre friso o seguinte: “Vamos tentar reergue-lo e ‘estender a mão’. Se não houver melhoras saberemos o que fazer. E se conseguirmos promover a mudança, teremos com certeza mais do que um simples liderado reintegrado, mas um leal e apaixonado integrante, movido pela gratidão de ter recebido uma segunda chance.”

Ou seja, resignificar os momentos difíceis e transformá-los em uma ‘segunda chance’ para fazer melhor, pode ser um impulsionador poderoso para o amadurecimento de um líder e sua equipe. Pode ser a chave para uma profunda ligação genuína com os teus objetivos.

  1. “Não podia decepcionar todas essas pessoas que vieram até aqui torcer por mim”

PERMITIR SER APOIADO(A) E TORNAR-SE MAIS CONVICTO(A)

Que o mundo está cheio de pessoas que não conseguem controlar os seus egos e passam a invejar qualquer mínima ‘vantagem competitiva’ (muitas vezes fantasiosa) que o outro possua, isso a gente sabe muito bem. Inclusive, parecemos muito mais preparados em lidar com este tipo de pessoas do que com os apoiadores.

Acredite, de uma forma geral nós temos muita dificuldade de aceitar ajuda ou até mesmo de receber um simples feedback positivo. É por isso que o que vou escrever agora faz muito sentido, apesar de parecer absurdamente óbvio (só que não).

Se te permitires ser apoiado e envolvido pela energia de verdadeiros apoiadores, vais experimentar da poderosa sensação de convicção. Esta é construída principalmente pela sensação de fazer parte de ‘algo maior’, uma ‘causa compartilhada’ que te impulsiona e dá a certeza de seguir no caminho correto.

Ou seja, sem dúvida é um convite irrecusável para experimentar desta energia, capaz de promover grandes feitos.

  1. “Mostrar que uma criança que começou no judô por brincadeira hoje é campeã mundial”

ENTENDER QUE SUCESSO TEM A VER COM SER GENUÍNO

O teu estilo de liderança pode e deve estar ligado àquilo que tu realmente és, ao teu DNA. Ou seja, tu não precisa deixar pra trás aquilo que te diverte ou te trás felicidade pra começar a construir um caminho de sucesso pelas ‘regras de ouro’ de outra pessoa. Na verdade, são estas características genuínas que podem te fornecer as ferramentas fundamentais para uma carreira de sucesso. Afinal o ‘sucesso’ é diferente pra cada um de nós pois está ligado justamente aos nossos valores e personalidade.

Ainda, como líder, tu precisas influenciar um grupo de pessoas em direção a um objetivo comum. Pra isso, é preciso estar conectado a elas, construir uma relação de fidelidade e trabalho colaborativo. E advinha, sabe o que mais conecta um ser humano a outro ser humano? A sinceridade (ou vulnerabilidade como alguns chamam) de ser ‘de verdade’.

Isso não só estimulará uma conexão como encorajará as pessoas a serem também mais genuínas assim como tu. Os benefícios a longo prazo são um grupo de trabalho mais humano, com conexões autênticas e que atrairão pessoas que vibrem na mesma frequência.

OU SEJA

Rafaela Silva não largou o esporte por causa de seus MENTORES (1); transformou o sofrimento de uma derrota em um IMPULSIONADOR PODEROSO (2); entregou-se à energia dos seus torcedores para permanecer CONVICTA (3); e sua carreira de sucesso está embasada em uma brincadeira de criança conectada às suas características mais GENUÍNAS (4).

Essa é mais uma história de superação poderosa que sempre deve ser estudada por todo e qualquer líder. Pois a história de um líder verdadeiramente poderoso estará ligada sempre à algum tipo de superação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *